28 de out de 2008

Deixa acontecer naturalmente









Quando tinha meus doze anos, eu não pensava em ir pra balada, tirar fotos sensuais, me arrumar para um menino (ou uns!). Naquela época eu preferia olhar desenho depois de fazer os temas e ir à casa das minhas amigas brincar. Muitos podem ler isto e acharem que eu era careta, comparando com os dito “valores” de hoje em dia.
As coisas estão mudando, isso ninguém nega. Mas eu nunca vou concordar com isso e simplesmente aceitar que agora as coisas são assim e pronto. Eu acho um absurdo enorme esse monte de menininhas que mal “viraram mocinhas” e já estão se achando as gostosas do pedaço. Ou esses meninos que acham que são os novos Snoop Dogs da parada, e se imaginam num harém de mulheres.
Além das crianças estarem cada vez mais precoces, elas acabam amadurecendo forçadamente, pois acham que se não agirem como adultos (e desde quando adultos agem assim?) serão excluídos pelos colegas. Cada um tem seu tempo, lógico. Claro que quando eu tinha doze anos, tinha amigas que já ficavam de vez em quando. Mas aquilo foi mais no início do “amadurecimento precoce”.
Hoje em dia, isso está diferente! E, infelizmente, está mudando para pior. Até porque, além do fato de que essas crianças “largam a infância” cada vez mais cedo, elas ficam não por gostarem da pessoa, mas sim estão ficando (para não dizer se agarrando) com qualquer um só para não ser diferente dos outros.
O pior de tudo é que as crianças que não são maria-vai-com-as-outras nessa história e deixam-se crescer e amadurecer gradualmente, é que mais acabam sofrendo. Mas eu alerto: vocês podem até sofrer com zoações nessa idade, por não fazerem isso, mas saibam que quando forem mais velhas, agradecerão por não terem agido como a maioria.

26 de out de 2008

Sem nada pra fazer...

Esse título está totalmente irônico, porque estou aqui justamente pelo fato de que tenho muita coisa para fazer, porém estou com preguiça (sim, baseie-se no post anterior!). Não estou muito inspirada para escrever algum texto agora, já que tenho que concentrar todos meus "dons da escrita" (como se eu tivesse algum! hahaha) para redigir meu trabalho anual, que consiste no desenvolvimento de uma empresa virtual.
É uma empresa virtual só porque não podemos comprar os equipamentos e tudo mais, mas só nisso mesmo. Porque tem que ter tudo que uma empresa real tem, e até mais de vez em quando. Portanto, estou realmente ocupada. Melhor eu começar a fazer isso logo! Já que essa semana tem MOSTRATEC lá na escola (uma feira internacional de ciências e tecnologia - ÓTIMA!) e conseqüentemente não tem aula, vou aproveitar para fazer o trabalho que eu deveria ter feito durante o ano e não fiz - tá, eu fiz algumas coisas, mas como sempre, sobrou muita coisa pra última hora!

P.S.: Sim, isso é um belo exemplo real do post abaixo.

Para saber mais sobre a MOSTRATEC, clique aqui.
Para saber mais sobre a empresa virtual, clique aqui ou aqui (quem quiser add, fique a vontade).

19 de out de 2008

A lei do menor esforço


A lei do menor esforço


Quem nunca pensou “isso eu posso fazer amanhã” provavelmente nunca teve algo de muito tedioso pra fazer, o que eu duvido. Portanto, mesmo os mais organizados e disciplinados são tentados pela chamada “lei do menor esforço”, na qual você deixa alguma coisa importante para fazer mais tarde na esperança de que outra pessoa faça, ou mesmo sabendo que ninguém vai fazer. Porém, quando chega à véspera de se mostrar o serviço pronto, vem também o desespero e a cobrança. Assim, acabamos deixando de fazer algo importante, pois continuamos não tendo vontade de fazê-lo (mesmo um, dois, três dias depois de dizermos “amanhã eu faço”).
Acredito que todos sabem que não deveríamos agir assim, porque, se podemos fazer hoje, porque deixar para amanhã?! Porém, eu admito, muitas vezes deixo as coisas para a última hora, e acabo ficando noites quase sem dormir ou passando-as muito angustiada com o fato de que talvez não termine minhas tarefas até o horário limite.


Texto para o site do Tudo de Blog.

15 de out de 2008

Transferência de blog!


Aguardem... Ainda estou no blog http://www.mypurpleroom.zip.net/


Porém, este será meu novo blog, estou arrumando por aqui e logo logo passarei a postar neste.
Quem tiver interesse em ler o que eu escrevo, pode entrar no outro por enquanto!

Obrigada, beeijos!